Trincas

A presença de trincas na superfície propicia a infiltração de umidade para o interior do substrato, acelerando a degradação tanto do substrato como da pintura (manchas, bolhas, descascamentos, etc.), assim é fundamental o correto tratamento dessa patologia a fim de garantir uma maior durabilidade da pintura.

A trinca possui uma ação dinâmica, ou seja, sua espessura altera conforme a movimentação da estrutura ou variação de temperatura, portanto o tratamento de trinca necessariamente precisa de um sistema flexível que absorva essas variações e isole o acabamento (pintura), não permitindo o reaparecimento da trinca. Segue abaixo o procedimento:

1. Tratamentos de trincas dinâmicas

1.1 Abrir a trinca com ferramenta especial (ABRETRINCA) ou espátula de aço, em forma de "V", com 10mm de largura por 8mm de profundidade;

1.2 Remover toda a pintura e parte superficial do reboco (1 a 2 mm) numa faixa de 10 a 20 cm de largura (conforme largura da tela), sendo que o eixo da trinca deve ficar sempre no centro;

1.3 Remover todo o pó da trinca e das faixas laterais;

1.4 Aplicar na trinca e nas faixas laterais uma demão de Preparador de Paredes Base Água diluído com 10% de água limpa. Utilizar uma trincha para aplicação. Aguardar 04 horas de secagem;

1.5 Preencher a trinca aberta com material Selatrinca, utilizando uma espátula ou aplicador. Aplicar apenas no veio da trinca, preservando-se as faixas laterais. Aguardar intervalo de 24 horas para secagem; 

1.6 Aplicar a segunda demão de material Selatrinca sobre a trinca, da mesma forma que no item anterior. Aguardar 24 horas para secagem;

1.7 Aplicar sobre a trinca e nas faixas laterais a tinta acrílico Contra Microfissuras, diluído com 10% de água. Esta aplicação pode ser feita com trincha ou brocha. Aguardar intervalo de 04 horas de secagem;

1.8 Aplicar segunda demão de tinta Acrílico Contra Microfissuras da mesma forma do item anterior. Nesta etapa deve ser fixada, intercalada com camadas doe tinta Acrílico Contra Microfissuras, a Tela de Poliéster (10 a 20 cm de largura), sobre toda a faixa de recuperação. Aguardar intervalo de 04 horas para secagem;

1.9 Nivelar a superfície com  massa acrílica de modo ao acabamento ficar semelhante ao já existente na superfície.


2. Tratamentos de trincas tipo canto de janela
Essas trincas tipo canto de janelas (ou outras aberturas como portas) normalmente possuem uma extensão (comprimento) inferior a 1,0 metros, e sua movimentação é menos agressiva que outros tipos de trinca, assim nessa situação o tratamento de trinca pode dispensar o uso da tela de poliéster

2.1 Abrir a trinca com ferramenta especial (ABRETRINCA) ou espátula de aço, em forma de "V", com 10mm de largura por 8mm de profundidade;

2.2 Remover toda a pintura e parte superficial do reboco (1 a 2 mm) numa faixa de 10 a 20 cm de largura (conforme largura da tela), sendo que o eixo da trinca deve ficar sempre no centro; 2.3 Remover todo o pó da trinca e das faixas laterais; 2.4 Aplicar na trinca e nas faixas laterais uma demão tinta Preparadora de Paredes Base Água diluído com 10% de água limpa. Utilizar uma trincha para aplicação. Aguardar 04 horas de secagem;

2.5 Preencher a trinca aberta com  material Selatrinca, utilizando uma espátula ou aplicador. Aplicar apenas no veio da trinca, preservando-se as faixas laterais. Aguardar intervalo de 24 horas para secagem;

2.6 Aplicar a segunda demão do material Selatrinca sobre a trinca, da mesma forma que no item anterior. Aguardar 24 horas para secagem;

2.7 Aplicar sobre a trinca e nas faixas laterais 02 demãos da tinta Acrílico Contra Microfissuras, diluído com 10% de água. Esta aplicação pode ser feita com trincha ou brocha. Aguardar intervalo de 04 horas de secagem;

2.8 Nivelar a superfície com Massa Acrílica de modo ao acabamento ficar semelhante ao já existente na superfície.

Link
BOLETIM DE NOVIDADES
Receba dicas ofertas e informações no seu e-mail

SAC: (66) 3515 - 2147 / 3531 - 3913